Friday, September 30, 2011

Trai o meu noivo com quatro ...


Primeiramente vou me descrever. Sou alta, tenho 1,75 mts. Peso 68 kg, morena clara, cabelos longos. Tenho 26 anos. Tenho um relacionamento bom com o meu noivo. No entanto, tenho uma fantasia que é de transar com dois ao mesmo tempo, fazer uma dupla penetração incrível. Deve ser muito gostoso, pois sempre que o meu noivo me come com a sua pica e usa um vibrador para colocar no meu cú, é uma delícia. Eu vou ao céu. É extremamente maravilhoso.

Vou relatar algo que aconteceu comigo recentemente. Num final de semana que o meu noivo foi viajar com a sua família eu fiquei sozinha. Então o meu noivo falou para eu ficar em casa e me comportar, no entanto, quando chegou o sábado à noite eu estava com o maior tesão, havia acabado de falar com o meu noivo pelo telefone e ele ficou me dizendo diversas safadezas, para quando voltasse, nós faríamos. Isto me deixou doidinha de tesão.

Como eu estava toda acesa resolvi dar uma saidinha, afinal de contas, queria refrescar um pouco a minha cabeça e não sentir tanta falta do meu noivo. Então me arrumei, coloquei um vestidinho preto de alcinhas largas, que demonstra bem os meus peitos, é um vestido que deixa a mostra quase toda a minha coxa, é muito curto. Não coloquei soutien, coloquei apenas uma calcinha fio dental. Eu estava pensando, vou desta forma, pois assim deixo os homens acesos. Gosto muito quando os homens ficam de pica dura para me comerem, eu adoro ver os caras querendo me foder. Gosto de ficar olhando a pica deles dura de tesão para meterem dentro de mim. No entanto, nunca traí o meu noivo. Então resolvi dar uma ida ao shopping que tem há umas 8 quadras de casa. Fui lá. E quando estava passeando por lá, diversos caras ficaram me encarando. De vez em quando um chegava perto de mim e falava "Gostosa", "Gatinha". Isto foi me deixando mais acesa ainda. A minha xoxotinha estava melada de tesão. Mas eu sabia que não poderia trair o meu noivo, coisa que nunca fiz. Eu resolvi tomar um refrigerante na praça de alimentação, pedi e sentei-me em uma mesa sozinha. Nesta hora eu ficava olhando os homens que passavam perto da minha mesa e lançavam olhares para o meu peito e coxa. Esta situação foi me deixando cada vez mais molhada. E eu só pensava: "Cadê o meu noivo para me foder gostoso, quero sentir uma pica me arreganhando toda". Infelizmente teria que esperar mais dois dias para ele voltar.


Nisto, dois caras chegaram em mim e perguntaram se eu estava sozinha. Eu disse que sim (isto foi o meu deslize). Aí eles prontamente se propuseram a fazer companhia para mim. No fundo eu até gostei, pois os dois eram bem gatos. Os dois eram morenos claros, de mais ou menos 1,80 mts de altura e eram bem gostosos. Ficamos conversando eu falando que era noiva e eles ficaram falando para mim o que uma gata como eu está fazendo sozinha no shopping. Eles foram pedindo umas batidas em um barzinho que tinha na frente de nossa mesa. Eu acabei tomando um pouco, fazendo com que eu ficasse alegrinha.


Já devia ser umas 22:30 hs. quando um deles pergunta para mim se eu estava a pé. Eu respondo que sim. Então eles se propõem a me levar. Nisto chega mais dois amigos deles (também morenos claros e muito bonitos) e vêm junto conosco. Eu fico preocupada, mas acabo aceitando, pois já estava tarde e seria mais perigoso voltar a pé. Quando entramos no carro, entra um no banco de trás eu vou logo em seguida e um outro senta ao meu lado, fazendo com que eu ficasse bem no meio de dois gatos. Assim que saímos do shopping, eles falam que querem dar uma volta pela cidade. Eu falo que preciso ir embora, no entanto, eles falam para eu aproveitar, pois querem curtir e mostrar a diversão para mim. Falaram para eu aproveitar que eu estava sozinha. Bom, não havia muito para eu fazer, então acabei aceitando.



Nisto um dos caras que está do meu lado encosta a sua coxa na minha e fica roçando. Aquilo foi me dando um cala frio e ao mesmo tempo que dava medo, dava um tesão enorme. O outro também começou a chegar mais perto de mim. Eu com aqueles quatro gatos não sabia ao certo o que fazer. Eu estava muito preocupada, pois nunca havia traído o meu noivo. Deu para perceber que os dois que estavam ao meu lado estavam com a pica dura, dava para ver a saliência que estava na calça deles, e pelo visto deviam ser umas rolas bem grandes, pelo volume que se formou. Eu já estava toda molhada com aquela situação. Já não agüentava mais, mas também não podia trair o meu noivo. Nisto um deles se encosta em mim e fala para mim que eu sou muito gostosa e que tenho um corpo delicioso, acrescenta ainda que gostaria de me comer bem gostoso. Isto me abalou, não falei nada, apenas fiquei vermelha. E o outro me chama e fala que gostaria de meter a pica dele dentro de mim. Nossa tudo isto estava me deixando maluquinha. A minha xoxota já estava toda molhada, só pensando em uma rola para fodê-la.


Então, viram que eu não reagi e começaram a passar a mão sobre a minha perna. Já não sabia mais o que fazer. Então um deles foi levantando o vestido e eu até tentei impedir, mas o tesão foi mais forte e acabei cedendo, não pude impedir. Então ele levantou o meu vestido e começou a acariciar a minha xoxota sobre a calcinha toda molhada. Ao mesmo tempo dizia que eu tinha uma xoxota deliciosa e que estava molhadinha de tesão. Nisto o outro que estava ao meu lado pegou a minha mão e colocou sobre a sua rola que estava duríssima de tesão. Nossa que pica gostosa. Neste momento já nem pensava mais em meu noivo. Só estava me deliciando com tudo aquilo. Nisto, o que estava dirigindo, percebeu o que rolava e falou: “Vamos para um lugar mais sossegado foder e deixar esta putinha toda arreganhada”. E nos levou para um loteamento novo, onde nem existia luz. Nisto eu já estava acariciando as duas picas por cima da calça. Um deles falou, comam vocês dois primeiro que eu e ele vamos depois.


Então eles desceram do carro e ficaram esperando. Eu comecei a tirar a pica deles para fora. Nesta hora pude ver o quanto à pica deles era boa. Eram grossas e grandes. Uma delícia para sentir. Um deles foi tirando o meu vestido e me deixando toda peladinha. E o outro aproveitou e tirou a minha calcinha, enquanto o outro chupava os meus peitos. Fiquei pelada para aqueles dois garotões deliciosos. Um deles fala para eu chupar a pica dele. Eu me deito um pouco e começo a chupar a pica que mal cabia na minha boca. Estava uma delícia sentir aquela pica inteirinha na minha boca. O outro ficou chupando a minha xoxota por trás, e de vez em quando lambia o meu rabo. Nossa que maravilha. E o que estava me chupando, começa a passar na minha xoxota. Aquilo estava me deixando louquinha. Já não agüentava mais de tesão.


Então eu falei coloca logo a camisinha e mete esta rola em mim, e ele ficou só passando na minha bucetona molhadinha de sexo. Ele falou que estava sem camisinha e o outro também disse que ninguém tinha. Nisto fiquei triste e falei que iríamos somente brincar. Mas, o tesão era tão grande que o que estava passando a vara na minha xana, não agüentou e acabou metendo dentro de mim. Na hora levei um susto e ao mesmo tempo um alívio, pois estava sentindo uma rola me arreganhando toda. Falei para parar, no entanto, ele não parou e começou a bombar mais forte na minha xoxota. Acabei cedendo e deixei ele meter dentro de mim bem gostoso. Nisto fiquei chupando o outro. Até que ele falou que queria meter também. Então fiquei de quatro para ele, ele abriu a porta e começou a meter dentro de mim, enquanto chupava a outra pica. Nossa estava uma delícia sentir aquela pica me arreganhando toda. Eu estava adorando ser arrombada por uma pica grande e grossa, pois a do meu noivo é pequena e não me completa. Nisto os que estavam fora, vendo a minha bunda toda para fora, também quiseram meter.


Aí eles fazem uma fila e cada hora é um que mete na minha xoxota. Nisto o mais gato fala para eu sentar-me na pica dele e cavalgar gostoso nele. Eu saio do carro, ele se deita no chão e eu vou sentando na pica dura, grande e grossa dele. Nossa foi uma delícia, pude sentir cada milímetro daquela vara me arreganhando toda. Eu sempre tive vontade de foder e arreganhar a minha xoxota para um cara bem gostoso e com uma pica deliciosa. Eu estava totalmente louca de tesão. Enquanto eu cavalgo, os outros vêm na minha frente e eu fico chupando hora a pica de um hora a de outro, e enquanto não chupo, vou punhetando cada uma delas. Eu estava me sentindo uma verdadeira putinha no cio. Nisto este cara fala que quer foder o meu rabo. Eu mais do que depressa, disse que sim, que ele poderia colocar a rola dele dentro de mim, comer o meu cú, que até este dia só pertencia ao meu noivo. Então, ele me coloca de quatro e começa a meter bem de leve, e como eu estava toda melada de tesão, facilitou a entrada daquele mastro no meu rabo. Senti, no começo um pouco de ardência, mas depois passou e comecei a sentir o maior tesão. Os outros também querem e começam a se revezar, cada hora era um comendo o meu rabinho. Até que um deles fala para eu sentar na pica dele que eu iria sentir uma dupla penetração. Na hora fiquei com medo, pois as picas deles eram todas grandes e grossas, pensei que não iria agüentar. Eu sempre tive vontade de fazer isto, então acabo aceitando. Sento na pica de um deles e começo a cavalgar, quando um outro vem por trás e começa a colocar no meu rabinho. Nossa que delícia. Estava uma sensação maravilhosa, sentia sendo arrombada na minha xoxota e no meu rabo ao mesmo tempo. Que delícia! Era bem melhor do que ter uma pica dentro da xoxota e um vibrador no rabo. Nossa aqueles quatro caras estavam me deixando toda arrombada. Eu acabei não agüentando e gozei muito na pica do cara. Ele sentiu que eu estava gozando e gozou junto comigo, nossa, na hora nem pensei em engravidar, o tesão era tanto que nem deu tempo de pensar. Só sentia aquela porra quentinha dentro de mim. E nisto o outro acabou gozando também, gozou tudo no meu rabo. Foi uma delícia. Enquanto isto, eu estava chupando a pica dos outros dois. Foi aí que os que já haviam gozado se levantaram e ficaram na minha frente enquanto eu dava para os outros dois, da mesma forma. Sentei na pica do cara e comecei a sentir o outro entrando no meu rabo. O tesão voltou rapidamente. Era delicioso sentir duas rolas me arrombando ao mesmo tempo. Uma dupla penetração é uma delícia. Eu ficava mexendo a minha bunda e eles iam me fodendo cada vez mais. E enquanto os dois me fodiam eu ia chupando a rola dos outros dois, que ficaram duras rapidinho. O que estava comendo o meu rabo acabou gozando tudo e a porra dele começou a escorrer entre as minhas coxas, pude sentir o líquido saindo de dentro de mim. E o outro também gozou, juntamente comigo, eu acabei gozando novamente, pois não agüentava de tanto tesão de ser fodida por duas picas ao mesmo tempo. Nossa que delícia, pude sentir a porra de quatro caras se misturando dentro de mim. Aquela porra quentinha foi uma delícia. Eu estava me sentindo uma verdadeira vadia, uma puta de verdade. E nisto os outros dois acabaram gozando novamente na minha boca e rosto.


Nossa! isto finalizou com chave de outro, pois uma puta de verdade recebe porra na cara e dentro da boca. Foi uma delícia. Terminamos, colocamos a roupa e fomos embora. Eles falaram que gostariam de repetir, no entanto, eu pensei e achei melhor não, pois se o meu noivo descobrir eu estou perdida. Mas foi ótimo. Todas as mulheres um dia poderiam experimentar uma dupla penetração, pois é muito bom. Parece que o atrito dentro da xoxota fica mais intenso, fazendo com que o gozo venha mais rapidamente e com mais intensidade.

Sua esposa novinha no elevador



 Sempre que pegava aquele elevador, coincidência ou não aquele coroa o pegava também...
Me olhava de cima a baixo e passava a língua na boca descaradamente. Eu fazia de conta que não notava.
Naquela noite chovia, entrei rápido no elevador sem prestar atenção em quem se encontrava lá dentro. Só exerguei uma mão grande e logo em seguida a luz se apagou e o elevador parou.

- Que diabos, foi isso?- perguntei desconfiada.
- Olá minha tesudinha.- senti um arrepio, quem seria. Não entrava estranhos no prédio e nunca havia ouvido aquela voz antes. - Poderia acender a luz,por favor?
- Quietinha e faça o que eu mandar.- De repente uma luz fraca acendeu, era a de emergência.
- Tá bom.-respondi num suspiro. Senti um arrepio de tesão, era incontrolável, só de imaginar o que aquele estranho iria fazer comigo, minha boceta molhou minha calcinha.
- Relaxa e goza, minha tesudinha.- Ele pegou minhas mãos e senti o seu membro que já se encontrava fora da calça. Um membro comprido, quente que começou a inchar nas minhas mãos. Eu o massageei , sob a luz fraca, sentindo sua respiração ficar ofegante. Suas mãos tocaram os meus seios, massageando-os deixando os biquinhos durinhos e salientes. - Faça bem gostoso, querida e nada de mal lhe acontecerá!...Ohhhhh..que mãozinha pequena, macia... e deliciosa....


Ajoelhei-me e esfreguei seu pau duro no meu rosto e pescoço, lambi a glande intumescida, lambi toda a extensão do seu pau; depois o introduzi na boca e o chupei .Ele ofegava, acariciava meus cabelos e enquanto movia os seus quadris, entrando e saindo por entre os meus lábios. Minha buceta molhava mais e mais.
- Hum...que delicia...que boquinha...quente...gostosa... ...úmida....deve ser assim sua buceta...ela está molhada, não é? Não respondi enquanto ele movia seus quadris fodendo minha boca. Minhas mãos subiram pelas suas coxas que eram fortes. Encontrei seu cinto, soltei-o e puxei a calça dele para baixo. Acariciei sua pele sentindo os pelos fartos e sedosos. Apertei levemente suas bolas, as chupei. Subi minhas mãos até suas nádegas e as apertei. Beijei-lhe o ventre, empurrei sua camisa para cima. Ele imóvel na parede do elevador. - Hummmm ...Chupe...isso...assim...chupe mais... você tem uma boca deliciosa...
- Não goze na minha boca. Quero que me foda....não era isso que queria? Me fuder? Então me foda, vamos!- queria sentir aquele pau duro dentro de mim.


Abaixei as calcinhas e enrosquei-me nele, ergui uma das coxas, que ele logo segurou. Num aperto virou-me de encontro a parede. Me coloquei nas pontas dos pés, ele flexionou seus joelhos e encaixou seu pau duro na minha xoxota molhada. - Hummm...apertadinha...sabia que você era apertada... ....gosto assim...quente, apertada e melada- rouquejou no meu ouvido. Senti um arrepio de tesão percorrer-me inteirinha.
- Oh...põe tudo..De uma vez...enfia logo, vamos, me fode, me come....ahhhhhhh...seu coroa safado, sacana...
- Psiuuuuuuu, devagar é melhor meu anjo...quero deixar você maluquinha...nunca...nunca mais...vai me desprezar..ohhhhh gostosa...

Eu movia os quadris louca para sentir aquele membro comprido e duro. Ele foi enterrando seu pau aos poucos, sua glande abrindo caminho, distendendo minhas dobras vaginais. Meu coração explodia dentro do peito, minha boca seca. Até que ele enfiou tudo dentro de mim. Seu pau comprido e grosso.
- Ohhhh...assim... enfia ... mexa rápido...com força...Foda-me...enfia tudo...- eu insistia enquanto ele me golpeava com potência e ritmo alucinante. Eu gemia como uma cadela no cio.Contraía minha xoxota prendendo-o dentro de mim, sugando seu pau duro dentro de mim. Uma sensação gloriosa. - Vou gozar...vou gozar em você....sua putinha...vou enchê-la de porra....vou faze-la gozar..ahhhhh...há muito tempo estou de olho em você...Agora...Assim...isso...mais rápido....rebola essa bunda, gostosa....isso assim...puta.

- Não para...mais...estou...gozando....ohhhhh...rápido...coroa safado...comedor de ninfeta....ohhhhh...estou gozando... gozando...hummmm...mais...maissssss...ahhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!! eu gozava abundantemente enquanto ele ejaculava jatos e jatos de porra dentro de minha buceta. No final mole; segurei-me nele e o beijei demoradamente.

- Ahhh.. que foda deliciosa...Você é uma putinha tesudinha...faz tempo que eu queria fode-la.
Nos vestimos e logo ele apertou o botão, fazendo o elevador funcionar e as luzes ascenderem..
Era o coroa que vivia me lambendo com os olhos e com a boca...Quem diria que aquele coroa fodia tão gostoso!!!
- Até a próxima minha putinha.
Fui para casa sentindo toda a porra dele dentro da minha xoxota e calcinha. Como aquele coroa fodia...
Haveria mais como aquela com certeza!

- Tá bom.-respondi num suspiro. Senti um arrepio de tesão, era incontrolável, só de imaginar o que aquele estranho iria fazer comigo, minha boceta molhou minha calcinha.
- Relaxa e goza, minha tesudinha.- Ele pegou minhas mãos e senti o seu membro que já se encontrava fora da calça. Um membro comprido, quente que começou a inchar nas minhas mãos. Eu o massageei , sob a luz fraca, sentindo sua respiração ficar ofegante. Suas mãos tocaram os meus seios, massageando-os deixando os biquinhos durinhos e salientes. - Faça bem gostoso, querida e nada de mal lhe acontecerá!...Ohhhhh..que mãozinha pequena, macia... e deliciosa....
Ajoelhei-me e esfreguei seu pau duro no meu rosto e pescoço, lambi a glande intumescida, lambi toda a extensão do seu pau; depois o introduzi na boca e o chupei .Ele ofegava, acariciava meus cabelos e enquanto movia os seus quadris, entrando e saindo por entre os meus lábios. Minha buceta molhava mais e mais.
- Hum...que delicia...que boquinha...quente...gostosa... ...úmida....deve ser assim sua buceta...ela está molhada, não é? Não respondi enquanto ele movia seus quadris fodendo minha boca. Minhas mãos subiram pelas suas coxas que eram fortes. Encontrei seu cinto, soltei-o e puxei a calça dele para baixo. Acariciei sua pele sentindo os pelos fartos e sedosos. Apertei levemente suas bolas, as chupei. Subi minhas mãos até suas nádegas e as apertei. Beijei-lhe o ventre, empurrei sua camisa para cima. Ele imóvel na parede do elevador. - Hummmm ...Chupe...isso...assim...chupe mais... você tem uma boca deliciosa...
- Não goze na minha boca. Quero que me foda....não era isso que queria? Me fuder? Então me foda, vamos!- queria sentir aquele pau duro dentro de mim.
Abaixei as calcinhas e enrosquei-me nele, ergui uma das coxas, que ele logo segurou. Num aperto virou-me de encontro a parede. Me coloquei nas pontas dos pés, ele flexionou seus joelhos e encaixou seu pau duro na minha xoxota molhada. - Hummm...apertadinha...sabia que você era apertada... ....gosto assim...quente, apertada e melada- rouquejou no meu ouvido. Senti um arrepio de tesão percorrer-me inteirinha.
- Oh...põe tudo..De uma vez...enfia logo, vamos, me fode, me come....ahhhhhhh...seu coroa safado, sacana...
- Psiuuuuuuu, devagar é melhor meu anjo...quero deixar você maluquinha...nunca...nunca mais...vai me desprezar..ohhhhh gostosa...
Eu movia os quadris louca para sentir aquele membro comprido e duro. Ele foi enterrando seu pau aos poucos, sua glande abrindo caminho, distendendo minhas dobras vaginais. Meu coração explodia dentro do peito, minha boca seca. Até que ele enfiou tudo dentro de mim. Seu pau comprido e grosso.
- Ohhhh...assim... enfia ... mexa rápido...com força...Foda-me...enfia tudo...- eu insistia enquanto ele me golpeava com potência e ritmo alucinante. Eu gemia como uma cadela no cio.Contraía minha xoxota prendendo-o dentro de mim, sugando seu pau duro dentro de mim. Uma sensação gloriosa. - Vou gozar...vou gozar em você....sua putinha...vou enchê-la de porra....vou faze-la gozar..ahhhhh...há muito tempo estou de olho em você...Agora...Assim...isso...mais rápido....rebola essa bunda, gostosa....isso assim...puta.
- Não para...mais...estou...gozando....ohhhhh...rápido...coroa safado...comedor de ninfeta....ohhhhh...estou gozando... gozando...hummmm...mais...maissssss...ahhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!! eu gozava abundantemente enquanto ele ejaculava jatos e jatos de porra dentro de minha buceta. No final mole; segurei-me nele e o beijei demoradamente.
- Ahhh.. que foda deliciosa...Você é uma putinha tesudinha...faz tempo que eu queria fode-la.
Nos vestimos e logo ele apertou o botão, fazendo o elevador funcionar e as luzes ascenderem..
Era o coroa que vivia me lambendo com os olhos e com a boca...Quem diria que aquele coroa fodia tão gostoso!!!
- Até a próxima minha putinha.
Fui para casa sentindo toda a porra dele dentro da minha xoxota e calcinha. Como aquele coroa fodia...
Haveria mais como aquela com certeza!














Programa para o fim de semana

Ola Pessoal, voltei. Com novidades...
Este fim de semana finalmente eu e meu marido realizamos um desejo antigo: fomos à uma casa de swing em São Paulo, famosa e muito bem localizada, em Moema. Para mim, uma descoberta. Para ele, a graça em ver o que aconteceria lá, já que é velhaco no assunto, conhece varias delas...
Bom, estou aqui para contar á vocês, amigas queridas e para as não tão queridas tambem, mas curiosas com certeza, como é lá dentro.
Você imagina um monte de coisas antes de ir. Fica ansiosa, vai ao cabelereiro, faz depilação, as unhas, se maquia toda, pensando que vai entrar no antro da perdição. Nada disso. É bem mais simples do que parece.
Fomos com mais duas amigas nossas. Chegamos cedo, haviam apenas alguns casais lá dentro. Tudo bem escurinho, fresquinho, com um pista de danças pequena no centro. Musica calma e tranquila. Alguns casais são nitidamente casados, senhoras comportadas em seus vestidos tão comportados quanto elas. Outros, nota-se que são garotas de programa que foram acompanhar o homem, mesmo porque é uma fortuna para um homem desacompanhado entrar lá. Algumas mulheres são bem desinibidas, usando vestidinhos tão curtos que dá para ver o pescoço quando se abaixam...Tudo muito democratico.
Lá pelas 23 horas a casa começa a esquentar. Chegaram varios casais e a musica calma foi trocada pelo dance. Uma boate, como qualquer outra que ja fui na vida. Alegre e descontraida.
Será?
Não...existe um labirinto escuro, muito movimentado, cheio de minusculos cubiculos com um sofazinho dentro. Alguns tem treliças na parede, onde você pode espiar o que acontece ali dentro. E rola de tudo...
Existem salinhas privativas tambem, onde o casal ou os casais, ou seja lá quem for, podem transar sem serem vistos. Outras tem um furinho na parede, para que os espectadores do lado de fora coloquem seus penis e quem estiver ali dentro faça o que quiser com ele. Ou então coloquem a mão mesmo, participando de forma indireta da relação que rola ali dentro.
Tambem existe uma sala coletiva, onde rola de tudo e uma sala só para casais, com um segurança na porta controlando a entrada, para ninguem entrar sozinho.
A gente anda pelo labirinto, vai olhando pelas treliças e se quizer participar, é só entrar. De vez em quando se sente uma passada de mão no traseiro, um volume te encoxando. Cabe a você decidir se vai ou não.
Tudo na verdade é muito respeitoso. Você pode ficar na sua sem ser incomodado por ninguem. Ou pelada na pista de dança.Tanto faz, todo mundo respeita todo mundo. Você pode ser gay, homo, hetero, todo mundo respeita.
Lá pelas 2 da manhã houve um show de striptease muito bonito. Primeiro de um rapaz lindo, gostoso mesmo.Vestido de cigano, foi tirando tudo...tudo mesmo...eta, que delicia! Ele passa pelas mesas durante o show e você pode acaricia-lo se quizer. É bom demais...
Depois foi a vez da coelhinha. Linda, um corpão de dar inveja. Os homens deliram. Ela dança no pole dance ( ainda aprendo isso...). E a casa esquenta...
Mas tenho certeza que tem gente se perguntando: E ai, transou muito lá?
A minha resposta vai deixar muitas de vocês intrigadas...Não, eu não transei. Mnhas duas amigas sim, cada uma delas pegou um carinha. Mas uma delas ficou frustrada, pois foi na base do "vai ser bom, não foi?" Nem deu tempo de sentir o gostinho. A outra foi mais demorado, mas segundo ela, muito pequeno...Mas valeu.
A verdade é que em minha opinião, a casa apesar de toda sensualidade e sexualidade exalando pelas paredes, é um fast food de paredes apertadas.
Fiquei excitada sim, ao ver um casal na sala exclusiva de casais cuja esposa ( e era a esposa mesmo) fazia um boquete no marido, de dar agua na boca. Logo depois ela se deitou no sofá e a vi sendo masturbada por um outro homem enquanto chupava o maridão. Delicia de cena. Nessa hora eu quase entrei na sala, mas estanquei na porta. Fiquei timida. Engraçado, né?
Por maior que fosse minha excitação, fiquei inibida. Meu marido rodou bastante pelos labirintos mas tambem não transou com ninguem. Depois conversamos sobre o assunto em casa e descobrimos que nós dois preferimos conhecer antes a pessoa com quem vamos transar, seja num menage, seja numa festinha. É o unico ponto que pega lá. Você olha e decide se vai ou não em questão de segundos. E tem que ficar numa salinha que muitas vezes mede 1 metro quadrado, as vezes com seis pessoas lá dentro...Sei não, acho que prefiro um motel espaçoso...
Mas o melhor mesmo da festa foi quando chegamos em casa, por volta das cinco da madrugada. Os dois estavam excitadissimos! O estimulo visual é muito forte.Transamos e dormimos . A tarde, de novo o fogo ardeu e de noite eu estava esgotada fisicamente.E ele querendo mais! No dia seguinte, a chama acendeu de novo! E vamos ao jogo !!!
A verdade é que valeu a pena a experiencia. Conhecer o mundo é sempre adquirir conhecimento. Gostar ou não, cabe a cada um de nós, mas só podemos julgar se uma coisa é boa ou não, indo lá e vendo com nosso proprios olhos. Recomendo. Para nós, como afrodisiaco da relação, foi muito bom!
Pretendemos voltar, dessa vez quem sabe com alguns conhecidos, para ver o que rola. Se não rolar nada, sempre podemos ir à um motel, não é? Com certeza a noite nunca será perdida!

Thursday, September 29, 2011

Coroa safada

Coroa popozuda de 50 anos - XVIDEOS.COM


Estou impressionado com essa coroa ruiva de 50 anos mandando ver ... que safada !!!

Wednesday, September 28, 2011

casadas + safadas + amadoras ... essas 3 palavras juntas ....

... nos mostram a beleza real ... mesmo que não seja a perfeição anatômica, 

 a safadeza real .... o tesão espontâneo ....

 ... a diversão a dois, ou mais ...

.... a sexualidade que existe em toda e qualquer mulher ...

 que faz dela, única e linda aos nossos olhos,

 ... a sensualidade na simplicidade

a liberação das fantasias reais ...

Afinal, quem quer modelos perfeitas, basta ir à photoshoplândia, onde todas as mulheres são lindas ...

Tuesday, September 27, 2011

mulheres e a DP


 Você toparia uma dupla penetração proposta pelo seu namorado ou marido?

Olha, acho q toda mulher ao menos uma vez já fantasiou com isso sim. Só que admitir é mto feio ou ao menos aceitar que tem vontade é complicado. Comigo quase aconteceu com meu ex-namorado. A gente sempre conversava dessas coisas, ele dizia q tinha vontade de me levar num club de swing pra transar com outros caras e eu no início ficava preocupada, achando q ele nao gostava de mim, essas coisas todas. Depois vi q nao tinha nada a ver, q ele gostava de mim sim e mto, só q nao tinha esses preconceitos bobos e eu passei a nao ter tb. A gente via filme pornô juntos, falava um monte de besteira. Ele gostava que eu saisse de saia curtinha, de blusinha decotada e só me elogiava. A gente foi amadurecendo a ideia do swing que eu nao topava mais por insegurança. até pq eu pensava q ele ia me deixar ou parar de gostar de mim se eu aceitasse. até que um dia a gente resolveu ir, mas ficamos só assistindo... aí o clima foi esquentando, a gente começou a ficar junto e pra minha surpresa ele abaixou a minha blusa e deixou um rapaz colocar a boca nos meus seios. eu perguntei se ele ia deixar mesmo eu ficar com outro cara, se nao ia se arrepender depois e ficar com ciume e ele deixou, disse q se eu quisesse poderia fazer. era pra fazer o q eu tivesse vontade. Acabou q nao quis fazer dupla penetraçao, mas deixei fazerem oral em mim e masturbei e fiz oral nesse rapaz enquanto meu ex me penetrava. Depois disso fomos mais duas vezes e só rolou oral e maturbação mesmo. penetracao de outro cara só uma vez, mas ele nem conseguia ereçao direito, acho q tava mto nervoso tadinho!!! rsrs E o nosso amor nunca diminuiu, e nem o carinho e respeito da gente. Pelo contrário. acho que o relacionamento ficou até melhor depois disso. pq vc vai largar alguem q vc tem total liberdade? ele sempre falava: a gente nao tem motivos pra trair, quando sentir vontade de estar com outra pessoa vamos pro club, a gente se satisfaz, o outro ve, participa também e nao é traição. o nosso relacionamento era ótimo e nunca mais tive ninguem que fosse como ele. isso de pudor e preconceito tá na cabeça das pessoas.

- deixa que eu lavo ela prá você, amor ...


pé no pau!





fantasias masculinas e femininas, respondidas por elas ...

Sexo à 3
Acho que 11 entre 10 homens tem essa fantasia.
a) Transar com duas mulheres!A idéia de ver mulheres se pegando e ele no meio deixa qualquer homem doido né? Engraçado que pra mulher é bem diferente, além de não achar graça em dividir o parceiro com outra mulher também não agrada a idéia de ver dois homens se beijando e se pegando.O máximo que existe são mulheres que fantasiam transar com 2 homens ao mesmo tempo, e não de ver os dois se pegando e ela participando.
b) Transar com sua mulher e mais outro homem. Menos frequente que a versão MHM, mas vem ganhando adeptos cada vez mais.
 
Engolir esperma
a) Tenho um amigo com quem converso sempre sobre sexo, o que é bom pra esclarecermos dúvidas sobre as preferências masculinas e femininas.Esses dias atrás ele me perguntou sobre o ato de engolir: se eu fazia por prazer, ou apenas pra agradar o parceiro. No meu caso, faço só pra agradar o parceiro, e gostar mesmo de fazer só se estiver muito apaixonada. 
b) O outro lado: ele engolir esperma. Tanto o seu próprio como o de outro homem. Todos resistem no início, mas não conheci nenhum homem que tenha experimentado e não tenha pedido para repetir ...
Sexo anal
Acho que essa preferência tem como base vários motivos, o tesão que os homens tem pela bunda da mulher, o fato de ser mais “proibido”, ser mais apertado…etc. Tem uma matéria que já linkamos aqui em outros posts que diz que a mulher que pratica sexo anal é mais fiel. Eu acredito que possa ser verdade, porque pra mulher praticar sexo anal, ela tem que confiar plenamente no parceiro e se sentir super à vontade, portanto é mais provável que o faça se for uma relação bem estável.
 
Bater/apanhar
A sensação de se submeter ou de sentir a submissão do próximo, faz com que uns tapinhas na cara, se torne uma grande fonte de prazer.
 
Gozar no rosto
cena típica de filme pornô né? Acho que por isso os homens curtem tanto. Mas taí uma coisa que também não é feita por toda mulher, nem com qualquer parceiro, nem a qualquer hora.
 
 
PREFERÊNCIAS FEMININAS

Puxão de cabelo
Nada melhor que uma pegada forte e um puxão de cabelo, se a mulher joga os cabelos pra trás tá pedindo pra ser pegada pelo cabelo, né?

Bater/apanhar
Uns tapinhas na bunda tbém é tudo de bom. No rosto eu já não curto, mas há quem goste também.

Ficar de quatro
Essa posição é a preferida de quase todas as mulheres. Aliás funciona como um combo: ficar de quatro, puxão de cabelo e tapinha na bunda…hehe.

Sexo oral
A maioria das mulheres só goza qdo recebe sexo oral, então por isso é uma preferência óbvia. Alguns homens não gostam muito de fazer, mas quando sabem como fazer, deixam qualquer mulher caidinha.

Monday, September 26, 2011

meu marido quer que eu dê para outro?!?

 

Meu nome é Simone, sou professora. Sou uma mulher jovem, casada, não vou dizer que sou bonita, tenho 1,72cm, 31 anos, mas por onde passo chamo atençãoaté mesmo das mulheres, incrível mesmo, tenho uma bunda linda e umas pernas grossas na medida certa, e minha xoxota é grande e gordinha e mantenho sempre depilada, mas chega de falar em mim e vamos ao que interessa. Meu marido é uma pessoa boa, fiel e já estamos casados há 09 anos, temos duas meninaslindas de 07 e 05 anos. Pois bem, ele foi o primeiro homem com quem fui pra cama e tudo ia muito bem com a gente, mas o meu marido Flávio começou a falar de um seu amigo de nome Romero que trabalha com ele e dizia que ele tem um cacete grande e grosso, achei estranho essa conversa. Não dei tanta atenção aessa conversa do Flávio, fiquei intrigada com isso. Vez por outra ele chegava dizendo do tamanho do cacete do Romero e eu nada dizia e fiquei sabendo que oRomero era tido tarado apesar de já está beirando os 50 anos. Mas a gota d'água mesmo foi certa noite quando a gente transava, ele disse amor a tua xoxota depiladinha assim, é do jeito que o Romero gosta, no trabalho ele disse hoje que é doido por uma xoxota gordinha e grandinha como a tua e bem depiladinha, a í foi demais, senti mesmo que o Flávio queria que eu desse a xoxota pro Romero, que sujeito sacana! 
 
 
Passaram-se alguns dias, e no dia 10/02, numa 6ª feira, a empresa onde eles trabalhavam fez uma confraternização e eu fui com o Flávio elá também ia estar o Romero com a sua mulher Clara. Na saída o Flávio me fez ecomendação sobre o Romero porque ele era muito ousado e podia se insinuar por meu lado. Fomos embora. Na festa a brincadeira correu solta e o Flávio bebeu um pouco mais e a Clara também, parece que tudo estava combinado. Nem mesmo dançando o Flávio melhorava, trocamos os parceiros na dança e fui dançar com o Romero e como tinha tomado umas latinhas de cerveja, aproveiteipara conferir se realmente o Flávio estava certo e pude comprovar, o Romero meapertou um pouco e senti o seu grande cacete pressionar a minha xoxota por cima do vestido e vi que ele tinha realmente o cacete grande, não posso negar quefiquei com tesão naquele momento e desejei o cacete do Romero dentro da minha bucetinha. Ficamos dançando e à medida que ele mas me apertava, mas eu sentia o cacete do safado crescer e passei a ficar com mais desejo ainda. A música parou e voltamos pra nossa mesa e lá estavam Clara e Flávio com sintomas visível de que estavam bem chapados e aí a gente aproveitou, dancei mais e mais com o Romero e sentindo aquela belezura do cacete dele pressionando minha buceta e já nem estava agüentando mais e queria a todo custo sentir dentro de mim e ele cochichou no meu ouvido que o Flávio era um macho sortudo por ter uma mulher gostosa como eu. Disse pra ele, fazendo um charminho, e como você sabe que sou gostosa. Ele disse nem preciso provar pra sentir o sabor. Rimos bastante disso. 
 
Como o salão era bastante grande, a gente ficou encostado num cantinho da parede e o Romero passou a me apertar mais enos beijamos na boca, foi muito gostoso e ele aproveitou para esfregar mais o seu imenso cacete por cima da minha bucetinha e por pouco não gozei, acho que foimais pelo inusitado, essa era a primeira vez que eu me expunha tanto com um homem diferente. Já passava da meia noite quando decidimos ir embora. Namesa, Flávio estava bem animadinho com a Clara, ambos bem chapadinhos e diante disso na minha cabecinha já se passava idéias diferente, quem sabe deixar o Romero me comer, o tesão do momento aliado talvez quem sabe, ao desejo do meu marido imaginar uma vara diferente penetrando a minha xoxota, tudo isso mefez pensar coisas estranhas. Saímos do clube e a Clara foi logo falando quequeria ir pra minha casa completar o tanque, porque o Flávio tinha dito a ela quetinha três garrafas de vinhos bem geladinha esperando por nós. Flávio não pôdedirigir, se acomodou no banco traseiro com a Clara falando besteiras, coisas dequem bebeu além da conta e eu bem feliz porque estava com mais liberdade, oRomero assumiu o comando do veículo e saímos. Nossa casa dista do clube cerca de 12 km e o Romero aproveitou para passar a mão nas minhas pernas enquanto dirigia e eu gostando, abri mais as pernas e subi mais o vestido para lhedá maior mobilidade, ele aproveitou para sentir a minha bucetinha e quando ele passou a mão nela sobre a calcinha, senti que ele suspirou de modo bem profundo. Maravilhada, fiquei feliz em saber de verdade que outro homem medesejava ardentemente. 
 
Chegamos em casa, como minhas filhas estavam na casa da minha mãe, a gente pôde ficar mais a vontade, a Clara foi logo na geladeira abriu uma garrafa de vinho tinto e já veio tomando no gargalho, Romero trouxe um copo cheio e o Flávio bebeu em dois tempos e nisso eu percebi a carade felicidade do Romero em saber que ia se dar bem. A Clara já estava com a 2ª garrafa de vinho aberta e já dizia nada-com-nada, sentou no sofá e o vestido subiu deixando a mostra a calcinha, Flávio tomou mais dois copos de vinho e sinalizou que tinha apagado literalmente, levamos a Clara para o quarto de hóspede e oFlávio pro meu quarto e aí  ficamos livres, tomamos um copo de vinho e nos abraçamos, agora livres e certa que só tinha eu e ele. Nos beijamos com sofreguidão, simultaneamente tiramos as roupas um do outro e aí foi alegria total,pela primeira vez vi um grande cacete na minha frente e ele ficou maravilhadocom a minha bucetinha (disse que ela é grande, gordinha e depiladinha). Romero ficou doido, a respiração ofegante, o cacete dele subiu com uma violência, ele mepós no sofá e abri bem as pernas de modo que ele contemplou a minha bucetinhaque já pingava de tanto que estava úmida, Romero começou a chupar minha bucetinha com tanta vontade que em menos de dois minutos cheguei a um orgasmo tão forte que tive medo, olhei pro cacete do Romero e vi que ele estava pingando também, a gente estava demais, demos um jeito e passei a ficar por cima dele e abocanhei o cacete dele como uma criança faminta abocanha o peitoda mamãe, e num majestoso 69 gozei na boca do Romero pela 2ª  vez numa loucura total. Nossos pares dormiam feito anjinhos enquanto na sala eu e oRomero pareciam dois diabinhos rsrsrsrsrsrsr. O cacete do Romero tinha cerca de18 cm e era grosso como dizia o Flávio e agora eu comprovava de verdade. Mudeide posição e coloquei o cacete de Romero na entradinha da minha bucetinha, euestava fora de mim, nós estávamos fora de nosso juízo normal, era uma doideirageral, o cacete de Romero estava vermelho que parecia ter tomado sol o dia todorsrsrsrsrs e ele com a sabedoria de quem tá chegando aos 50 anos, foi penetrando de forma lenta e gradual aquele cacete esplendoroso na minha bucetae a proporção que aquela tora invadia o interior da minha xoxota eu ia a loucura,queria que o tempo parasse naquele momento dada a gostosura que estava naquele momento, de repente senti que o cacete do Romero tinha sido literalmente engolido pela minha bucetinha, estava preenchida totalmente e numa alegria infinda. Romero passou a friccionar o dedo no meu rabinho e isso me deu mais tesão ainda e nesse momento entre beijos chupados e chupões suaves nosmeus seios, senti o cacete do Romero se dimensionar dentro da minha buceta e ele começou a ejacular fortemente e aproveitei e gozei junto com ele numa loucura de dá medo, fiquei em cima dele e o cacete foi voltando ao normal até sair de dentro de mim. Levantamos e fomos tomar banho todos melados do nosso gozo, olhamos para os nossos pares que dormiam, fui no quarto de hospedes,Clara tinha tirado o vestido e estava só de calcinha e ela tava de lado deixando a buceta dela toda de fora, o safado do Romero ainda foi lá e deu uma linguada na buceta da mulher e riu e junto fomos tomar banho e lá não resisti e chupei oRomero e ele me chupou e desta feita a gente gozou na boca um do outro, e enquanto tomamos banho, no rala-rala o cacete do Romero deu sinal de vida mais uma vez, oh velho danado de tesudo! Ele levantou minha perna pôs em cima da privada, de modo que a minha xoxota ficou linda segundo ele que se abaixou e me chupou com vontade e força e em seguida, antes que eu gozasse mais uma vez, me penetrou por trás, o cacete dele entrou na minha buceta bem macio e euadorei e nisso já era 03h00m nessa loucura, ele me comeu gostoso e gozamos mais uma vez e senti que eu tinha tirado todas as energias do Romero por essa noite, senti que ele tinha cansado e me confessou que nunca tinha fudido tanto na vida. 
 
 
Terminamos nosso banho e fomos pros quartos, amanhecemos o dia juntosdos nossos pares. Pelas 09hs levantamos e a Clara estava na cozinha com uma cara de ressaca danada, o Flávio levantou minutos depois e o Romero tinha ido à padaria, tomamos o café da manhã lembrando dos momentos vividos na noite, sem falar nos detalhes, pelo menos nisso a gente tem juízo rsrsrsrsrsrsrsrsrsr.Depois que tudo passou, comecei a pensar na loucura que vivi, achei bom mas continuar é uma incógnita!

Realize as fantasias dela




Relacionamento
Maioria das mulheres casadas fantasia com outros homens


Mulheres dizem que se apaixonam freqüentemente por outros homens
Enquete

Você fantasia com outros homens?

Sim
Não
O estudo, feito com mais de três mil mulheres casadas dos Estados Unidos, revelou também que 36% delas não escolheriam o mesmo homem como marido.

Foram feitas outras perguntas que revelaram que 76% das mulheres consultadas guardam segredos dos maridos, e ainda, que 84% gostariam de saber se o parceiro a engana com outras.

Deste grupo, 49% admitiu que já suspeitou ou chegou a apanhá-lo em uma aventura extra-conjugal. Mais de um terço das mulheres ouvidas disseram que se apaixonam por outros homens de forma constante.

A pesquisa mostrou, por fim, que Ben Affleck e Will Smith são considerados os casados famosos mais atraentes.

analisando a esposa

Que anal delicioso ....

esposa dormindo nua


Minha esposa dorme nua na maior parte do tempo e eu adoro bater uma punhetinha olhando para ela.
Um dia um amigo de infância e sua esposa foram dormir lá em casa, pois eles eram de outra cidade e iam ficar somente 1 dia em nossa cidade para fazer uma conexão para um vôo internacional.
Ficamos na sala bebendo enquanto as mulheres foram dormir. Papo vai, papo vem começamos a falar de nossas esposas
- Cara, você se deu bem, tua esposa é uma gostosa ...
- É ... heheh ... mas eu queria comer ela todo dia e no entanto ... fico na punheta na maioria das noites. Como ela dorme pelada eu fico me "aproveitando" dela
- Sério? ela dorme pelada sempre?
- quase sempre .... você quer ver?
- O que? tá brincando né?
- Sério! quer ou não?
- Ora, claro!

E lá estava ela, peladinha ....Olhei para meu amigo e sussurrei:
- e então?
- gostosa prá caralho, cara ...

- Quer bater uma olhando para ela?
- tá louco? ela é muito tesão meu, você não liga?? - ele perguntou silenciosamente
- cara eu vou bater uma agora, se quiser me acompanhar ...- respondi já tirando o pau prá fora

E abri a bunda da minha mulher para ele ver melhor ....
Quando eramos adolescentes batíamos punheta juntos e lembro que o pau dele era imenso. Seria legal ver ele se masturbando prá minha mulher.

 seu pau estava duro e ele começou a bater uma punheta olhando prá ela dormindo ....
Que tesão me deu ...
- goza no cu dela ....- sussurei
- ele fez uma careta e inundou a bunda dela de porra, algumas gotas caíram na minha mão, que abria a bunda dela..
Depois de uma breve despedida, ele foi para o quarto dele e eu fiquei lá com minha mulher coberta de porra pelo meu amigo.

passei a mão naquela bunda melada, depois passei no meu rosto .... que tesão ...
Ela então se virou e continuei bolinando meu pau e passando a mão nela ...

Ela se virou e ainda meio dormindo perguntou:
- O que você está fazendo .... amor??
- me aproveitando de você .. pode voltar a dormir ..
- Meu cu tá todo melado, você gozou em  mim e ainda está aí de pau duro?
Senti vontade de dizer que aquela porra era do meu amigo .. mas me contive...
- Você me dá muito tesão .... tenho que gozar de novo... Mas antes, eu posso te chupar?
Ela estranhou porque nunca tinha feito isso, mas gostou .. ah se gostou ... nunca tinha chupado ela com tamanho tesão como aquele dia ...aquele cu todo melado de porra ...
Ela gozou comigo chupando a buceta dela e eu adorei a experiência. Não sei quando vou poder repetir, mas espero que logo ...

histórias...

Depois de muita conversa ....
- Querida, sobre o menage que conversamos aquele outro dia ... vamos fazer mesmo? Você vai topar outra garota conosco mesmo?
- Claro, querido ....


E então tudo correu muito bem, foi um tesão só!
Elas se chuparam toda, chuparam ele, ele penetrou as duas. Enfim, orgasmos e mais orgasmos.

- Querido, você gostou?
- Claro!!! foi a melhor noite da minha vida!!
- Então agora é a minha vez, não é? - disse ela
- Como assim?!?!? - o sangue subiu à cabeça dele
- Ora, eu, você e outro homem!
Ele não estava preparado, nem inclinado a aceitar ... bronco como era, brigou, discutiu, xingou e pior ... deu um tapa no rosto dela.
Ela, resignada começou a tramar sua vingança. Ele era sargento do exército e estava trabalhando num hospital militar, onde o acesso era muito mais simples do que um quartel comum.
Era uma sexta feira à tarde. Ele estava trabalhando. Ela se vestiu toda sexy.

e foi para o shopping ....
Olhada, desejada, cantada, abordada .... cedeu e se insinuou para todos os seguranças do shopping. Foi currada até estar toda melada de porra.


foi metida em todos os buracos

mas ela queria mais ... ainda toda cheia de porra, foi procurar o marido....
Os sentinelas da guarda viram aquela puta e já ficaram excitados.

- Sargento Dróti? No momento está com o comandante, podemos ajudá-la?
- Claro que sim ... eu quero colocar chifres nela. Alguém me ajuda?

... e foi comida, chupada. Chupou! Sentou! Rebolou ... muito!
Foi a puta do quartel em plena sala da guarda.

todos queriam meter o pau nela

todos queriam meter chifres nele

 e de novo foi penetrada em todos os buracos, várias e várias vezes!


tomou mais um banho de porra...


 ... estava realizada. Vingada.

Deixou que tirassem fotos dela semi-nua com partes do uniforme ...Escancarou.

Depois da troca da guarda, chupou todas as outras sentinelas ....

Depois de estar toda arregaçada, dolorida de tantas penetrações, foi procurar o marido ...

...

- E então, já desitiu daquela idéia de outro homem? - disse ele todo sério
- Depois de hoje acho que não vou querer transar com 2 homens ao mesmo tempo. Mais de 5 é muito melhor ... pode ver as fotos com os seus soldados lá da guarda ....
- O que?!? - ele estava desnorteado
- E nunca mais me bata! Se eu contar para todos o que vai acontecer com você? Vai Preso?!? Vão te comer o cu na cadeia ... quer tentar?
- Ma-ma-mas o que você fez???
- Fiz o que quis fazer e gostei .... não quero mais estar casada com você, quero ser uma puta e dar para vários ao mesmo tempo.
Nesse momento o pau dele começou a pulsar na calça. Nunca sentira tanto tesão por ela como naquele momento.
- querida, você me perdoa? - ele só pensava em possuíla naquele momento
- só se você lamber minha buceta toda melada de porra ...
- Só se for agora .....